segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Outono.



Pouco a pouco mudam de cor
Amarelas castanhas e vermelhas
Ficam mais pequenas e frágeis
Voam até perder toda a força
Só falta cair...

Num Outono qualquer.

3 comentários:

  1. Grande foto, NUNO!!! Adorei!!
    Sabes uma coisa, existe uma grande diferença entre o conseguir estar só e a solidão! A solidão mata,não é uma opção, é simplesmente um abandono. enquanto nós escolhemos estr "sós", mas sabemos quando queremos temos amigos, companhia...Eu sou de extremos, álias, acho que já fui mais, tanto preciso de me ver rodeada de pessoas, como preciso do meu canto do meu espaço, da minha solidão, Aprendi a estar só, e cada vez mais aprecio os moeus momentos de solidão, porque por enquanto isto é uma opção, compreendes o que quis dizer?!?
    Estou confusa hoje!!!

    ResponderEliminar
  2. Nuno, adorei a foto, assim como tantas outras publicadas. Elas reflectem a tua Alma, a tua forma de estar no mundo...
    Vives a beleza dos dias, sem pressa... degustando-a com suavidade...
    Parabéns!

    Abraço
    Walter

    ResponderEliminar
  3. Tu vês as folhas que caem, tu sentes o vento que sopra... tu observas a dimensão da árvore antes de cair.
    ...é por isto e muito mais que és especial!
    um beijo para o "padinho do rodigo"

    ResponderEliminar