terça-feira, 20 de outubro de 2009

Tempo





Estava de luto, o marido teria falecido já há muito tempo.
Certamente teve uma vida de árduo trabalho.
Teve muitos filhos e agora vive sozinha.
Passa os dias a fazer no que mais gosta.
O relógio vai contando o tempo que lhe resta.
Até ao ultimo segundo...

4 comentários:

  1. Nuno,
    Não es apenas um simples fotógrafo, vais muito para além disso... da vida que te cerca, reténs a poesia...
    Excelente!!!

    Abraço
    Walter

    ResponderEliminar
  2. Nuno, já tinha visto uma destas foto no olhares(se não estou enganada) e tinha simplesmente adorado! Adoro mãos. elas contam tantas histórias, Nuno! Tens noção da GRANDE história que acabaste de contar baseada nas mãos dessa Senhora?!
    É que não é uma história da "carochinha", é uma história real feita com pessoas reais. Gosto da tua sensibilidade fotográfica e da tua sensibilidade em geral.Vais ao pormenor das coisas, aquelas pequeninas coisas, que te fazem único:)
    Parabéns! beijinho muito grande

    ResponderEliminar
  3. Acho incrível a capacidade que tens de transcrever de uma imagem as palavras que quase ninguém vê.
    Tens uma capacidade excelente de escrever de modo a tocar as pessoas, a levá-las a viver as coisas tal como tu viveste.
    Parabéns...

    ResponderEliminar