sábado, 26 de março de 2011

A raposa




Hoje e nos últimos dias uma raposa saiu do refugio das grutas da serra, as mesmas que descobria-mos quando éramos crianças, olhávamos atentos as arvores enquanto desenhávamos na nossa cabeça a construção suspensa nos ramos, fazíamos fisgas de giesta e armas de sopro, descobríamos novos riachos que nunca ninguém vira antes, dávamos gritos em cima de penedos e esperávamos atentos pelo seu eco, a raposa e o lobo esse nunca o vimos mas certamente estava por lá, não na minha rua a remexer lixo á procura de alimento.

2 comentários:

  1. Que bom, no "cume" da Serra da Lapa anda algém de olhos "abertos" e partilha os movimentos da raposa...

    ResponderEliminar
  2. Ola,Nuno eu näo consegui ver nenhuma raposa,mas as tuas fotos säo lindas,mas gostava de ver mais fotos da nossa terra so para matar saudades.Beijinhos para os teus pais,Carlitos e familia e para a Xana e familia e para ti muitos beijinhos.Sandra

    ResponderEliminar