segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Talvez.



Talvez por acordar antes do sol nascer para ver a neblina nos campos, talvez por correr maratonas em florestas onde só correm animais selvagens, talvez por viajar de bicicleta para prolongar as viagens, talvez por repetir o meu tempo em catedrais e galerias de arte.
Talvez por isso esteja sempre acompanhado com a solidão.

Sem comentários:

Enviar um comentário