quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Tens-me feito tão feliz




Tens-me feito tão feliz, mas tão feliz
Como eu jamais tivera esperanças de o ser
Como eu nunca pensei ser possível acontecer.
Se, um dia, alguém te perguntar
Se se julgar com direito a fazê-lo
Questionando-te sobre o que fizeste de mim
Da minha vida, dos meus anseios
Diz-lhe, por favor, meu amor
Que, de mim, fizeste uma mulher inteira
E da minha vida o melhor sonho.

Autora: (eu)

4 comentários:

  1. Boa noite, Céu.
    A autora deste poema é simplesmente maravilhosa.
    Belo quanto baste este seu poema Emília.
    Obrigado pela partilha.
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Boa noite, Nuno!

    OBRIGADA!

    Beijos e boa "caminhada".

    ResponderEliminar
  3. Bom dia, meu amor de amigo!

    Passou-se a noite, e já estamos num novo dia, k, aqui está pior que ontem, mas não vai ser por isso k vou deixar de fazer a vida brilhar. EU QUERO, EU CONSIGO!

    Embora o título do seu blogue seja o nome de uma canção dos "Mesa", tem, para mim, para nós, penso eu, outro significado. Quase k tenho a certeza de k já não falta muito tempo para k aquele adjetivo "vaga", desapareça dali ou seja substituído. Se desparecer, o título do blogue fica NOTA 20, na minha opinião. Diga-me qual é a sua, Nuno, por favor. Fiz-me entender?

    Desejo-lhe um dia bom, normal, digamos assim.

    Beijos e até logo.

    ResponderEliminar
  4. Boa Noite, Céu.
    O dia aqui também esteve cinzento, hoje sai do escritório para levar um colega ao Aeroporto, a viagem foi maravilhosa, parecia que tinha saído pela primeira vez de casa, vi o Outono no seu explendor, 70 % das folhas caíram, restam as mais fortes, resistentes, de cores mais quentes, vermelhos, castanhos e amarelos carregados. Por os dias serem pequenos não tenho ido á floresta, este fim de semana não posso faltar, depois trago fotografias.
    Conseguiu trocar o cinzento em brilho Céu?
    Gosto muito deste nome no Blogue, mas trocaria por que tipo de luz.
    Beijos

    ResponderEliminar