domingo, 14 de dezembro de 2014

Nada acontece quando você fica em casa



“Nada acontece quando você fica em casa. Eu sempre faço disso uma razão para carregar a câmera comigo todo o tempo. Eu só fotografo o que me interessa naquele momento.”

Elliot Erwit

3 comentários:

  1. Olá, Nuno!

    A frase deste fotógrafo franco-brasileiro dava "pano para mangas", pke TANTA coisa invulgar e gostosa (agora, usando o adjetivo mais empregue no Português do Brasil) pode acontecer e ser fotografada em casa, mas ele ainda não se apercebeu disso, e já não vai aperceber-se, pke já tem quase 90 anos e os brasileiros/as não sabem viver entre "quatro paredes". Pé na rua, é o lema deles.
    Ele carrega a "CAMERA" com ele todo o tempo, ou o tempo todo, como é natural, tal como o Nuno faz.
    É lógico k só fotografe o k lhe interessa naquele momento, pke esta Arte é de instantes, embora possa ficar para a posteridade. Predominam em ambos as cores preto e branco, k têm a sua beleza, sem dúvida.

    Qto à sua foto, gostei do enquadramento dela, aliás, gosto sempre, pke consegue dar-nos uma visão global do local fotografado. Sentido de estética, é "coisa" k o Nuno tem aos montes. Parece k está nevoeiro no dia em k a fez. Em relação aos cavalitos, pois prefiro o k está mais à frente e a pastar, pke tenho mto medo destes animais. São mto altos e as patas são repentinas e pesadas, o k não combina comigo.

    Reportando-me, ainda, à sua resposta no anterior poste, e falando de Aquilino Ribeiro, escritor, e Miguel Torga, também escritor, muito haveria para dizer, mas agora "não temos tempo", como afirmaria, graciosamente, Herman José.
    Mas, não posso calar, e afirmo e reafirmo k eu, enquanto estudante e depois como professora, NUNCA apreciei os ditos "cujos", e nem mérito lhes reconheci nem reconheço. Então, Aquilino, era e é intragável, rude, grotesco, só usava, praticamente, provincianismos, pra complicar a "vida" das pessoas e a leitura dos seus livros, dos quais fui obrigada a ler alguns, mas na diagonal. E estiveram estas criaturas no seminário, donde saíram, graças a Deus, já pra não falar da cadeia, donde se evadiu, duas vezes, o Aquilinozinho (estou a pôr-lhe um pouco de doce para ver se amenizo este nome). Miguel Torga, pseudónimo, era transmontano, de Vila Real, e eu conheço mtoooooooooooooooooooo de perto, malheuresement, como diria o avó João, a província e o caráter deste povo, cujo lema é: "mais vale quebrar que torcer".
    Embora mto revolucionários, inadaptados, insubmissos, CONTRA O SISTEMA, POPULARES, eles, escritores, não foram nada parvos em escolher as mulheres, as esposas, como vulgarmente de diz, e nesse campo, foram bem seletivos, pke escolherem gente bem e de bem, com muita cultura, de ideias contrárias às deles, enfim, é "o amor, é o amor", assim canta o Emanuel, o do "nós, pimba", "nós, pimba" . Ora, eles, bem se poderiam ter casado com uma criada de servir, analfabeta, pra aliar a teoria à prática, pke só assim é k faria sentido.
    O cantor Jorge Palma, seguiu-lhes o exemplo, e as duas/três vezes k se casou, oficialmente, foi com senhoras importantes, e o mais recente enlace foi numa capela em Las Vegas, com pompa e circunstância. Enfim, "democracias"!
    Informo de que, se EU algum dia me "casar", assim mesmo a "sério", o evento terá lugar ou no Mosteiro do Jerónimos, ou na catedral de Notre-Dame ou em Westminster Abbey. O vestido será desenhado, idealizado por um/a estilista francesa, mas tenho de dar, tb, a minha opinião: muitos folhos, transparências no peito, ombros, costas e braços, alvo como a neve (embora, já não mereça esta cor), bem comprido, cauda de não sei quantos metros e muito "saleroso". Véu a cobrir-me o rosto e grinalda nos cabelos com flores naturais, pequeninas e de cor rosa clarinho. Quero o meu noivo a "salivar", LOGO, ou antes, até.

    Bem, depois destas considerações e naturais devaneios, desejo-lhe uma noite feliz.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, Nuno!

    É já amanhã. Que bom! Que bem se deve já estar a sentir!
    Desejo-lhe uma boa viagem, e k encontre a sua família com saúde e feliz. O tempo até parece k para aquelas bandas não está nada mau, e portanto, as FESTAS vão ser melhores que BOAS e o Ano vai entrar com o "pé direito", como se diz, normalmente. DEUS QUEIRA!

    Por lapso e por distração, tenho a certeza, e no seu poste do dia 30 de Novembro, com o título "SE", o Nuno publicou três conversas minhas, k lhe pedi, por favor, para não publicar. Logo k lhe seja possível, agradeço k retifique a situação. MUITO OBRIGADA!

    Boa viagem!

    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Boa noite, Céu.

    Sim agora está tudo bem, aqui na Madeira esta um tempo maravilhoso.
    Espero que tenha umas ferias e Natal feliz, que o ano novo lhe traga saúde, paz e alegria.
    Não sei como aconteceu mas as mensagens estavam mesmo lá, peço imensa desculpa.
    Bom Natal.
    Beijos

    ResponderEliminar