domingo, 8 de fevereiro de 2015

Gretz - Presles-en-Brie - Liverdy-en-Brie - Neufmoutiers-en-Brie









Porque a vida esta lá fora, eu e a nova namorada fomos passear.
Vimos tantas coisas, ela parece ter gostado, prometi-lhe um dia 
fazermos uma grande viagem.


                                                                                        

10 comentários:

  1. Olá, Nuno!

    Bem, tenho da calar, este JP Simões, caso não, fico, QUASE, "como ele". E já k estou a falar dele, criatura k não sabia k existia, tenho de dizer k não consegui perceber nem uma palavra do k ele pensa k canta. Qualquer dia, vou, tb eu gravar um disco, e se conseguir, um bocadinho pior k este.
    Pra garganta há muitas pastilhas, k podem ajudar a clarear e hidratar a voz. Parece estar seca, mas se ele beber mais um copo, isto passa por uns minutos, e quando secar, beba outro, "ACONSELHO VIVAMENTE".
    Pra mente, ele já usa outros produtos, pra além do cigarro k o acompanha sempre, outras "drogarias", melhor dizendo, aliás, ele escreveu uma canção em k diz: gosto de me drogar. Enfim, viver alucinado, viver uma outra "realidade", é bem mais fácil e "alegre". Mas, depois, vem aquela SOLIDÃO, e sempre, e sempre............................

    Só vem ao seu blogue, QUEM QUER, portanto, eu não me estou a queixar, nem a lamentar, apenas a constatar, até porque gosto muito de conhecer antros diferentes, para poder refletir, perceber e avaliar, se possível.

    Recorri à Net para ler e perceber algumas letras de canções escritas por ele, porque "cantadas", eu não consegui entender nada. Acredite, Nuno, k fiquei ... (não tenho adjetivo suficiente e comportável, para o k senti) com uma k diz mais ou menos isto: a minha geração já se perdeu, já amuou, já se casou, já desapareceu, já acabou (ERA TÃO BOM QUE TIVESSE ACABADO, E K NÃO INFLUENCIASSE GERAÇÕES ANTERIORES E POSTERIORES), ...vai minha geração, ergue a cabeça e solta OS TEUS FILHOS no esplendor do LIXO. E chega de JP Simões!

    Agora, a parte boa, EXCELENTE, da sua publicação: as fotos e a nova namorada. As fotografias estão tão autênticas! Assinou a 1ª, mas as outras, não. Esquecimento, provavelmente.
    A vila onde vive, Gretz, tem um aspeto rural e citadino, simultaneamente. Parece-me antiga, mas agradável.

    Qto à nova namorada, Deus queira k tudo, ou quase, se concretize e k realizem uma grande viagem. O poema, k lhe deixei no post anterior: "O Amor É uma Companhia", "acertou-lhe" em cheio.
    E o Nuno escreveu três linhas...! O amor faz milagres, dizem. PARABÉNS!

    Cala-te, intuição! Desculpe, a minha intuição está aqui a perturbar-me, a querer imiscuir-se, a querer dizer-me k as palavras k o Nuno escreveu foram forçadas. Estúpida, ignorante. NÃO SABES O QUE DIZES, CALA-TE, DE VEZ!

    Boa semana.

    Beijos para ambos.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite, Céu.

    Então, um antro diferente! :)

    Não acho assim tão mau, talvez por ser da minha geração, acho um tipo porreiro e confesso gostar das letras e musicas dele, sei la...

    Sabe, detesto editar fotografias, bom seria publicar assim como elas saem do cartão de memoria, sei la, perdem qualidade, mas tenho mesmo de salvaguardar os direitos de autor, tem muita razão.

    Três linhas forcadas! Foi amor a primeira vista, tal como a primeira vez que vi a bicicleta que tenho em Portugal, fez comigo a Costa Vicentina, mostrou-me as Terras transmontanas, e andou sempre comigo nas Terras da Beira.
    Outro dos meus amores, a minha Canon.
    Esta combinação entre mim, bicicletas e maquinas fotográficas, só amor...
    Boa semana, Ceu.
    Beijos.



    ResponderEliminar
  3. Boa noite, Nuno!

    Exatamente. Mas, eu gosto de conhecer, de "aliar-me" até, para tentar perceber este tipo de pessoas e situações, a elas inerentes.

    Respeito a sua opinião, k não é, nem de longe nem de perto a minha, nem tem de ser, mas o seu apreço nada tem a ver com a geração à qual pertence, e este tema, levar-nos-ia longe, muito longe, respeitando SEMPRE o parecer um do outro.

    Sei de um blogue brasileiro, k dá umas dicas qto à proteção de blogues, e mais coisas interessantes, por sinal. Se o Nuno quiser dar uma espreitadela, ele chama-se: Blog de Ealine Gasparetto (não sei se tem dois "t").

    Qdo eu tiver novo blogue, irei lá tirar umas ideias/dicas, mas k não saberei aplicar, mas há sempre quem queira ajudar. Eu sou muito básica, neste tipo de coisas, reafirmo.

    Que afetuosa combinação entre si, a sua bicicleta, as máquinas fotográficas e a seu amor à 1ª vista. Tudo no mesmo patamar, mas máquinas fotográficas e bicicletas são "coisas", objetos, mas a amada, não é, é pessoa, portanto, tem vontade própria, virtudes e defeitos, personalidade, inteligência, assim, muito respeito, atenção e poucos ou nenhuns "sei lá..."

    Então, o seu post de há alguns dias atrás, 29 de janeiro, já está desatualizado, porque diz que a solidão leva-o sempre pela mão para lugares, onde não há ninguém (julgo ser mais ou menos isto). Olhe k a LUZ já não é, de modo nenhum, VAGA, título do seu blogue.

    Gosto tanto qdo diz: sei lá... sei lá... e k poema interessante daria esta expressão: sei lá...

    Boa semana.

    Beijos para ambos.

    ResponderEliminar
  4. Pretendo retificar - O Nuno escreveu: "o destino leva-me sempre pela mão a locais onde não há ninguém". O DESTINO e não a solidão, como afirmei anteriormente.

    As minhas desculpas!

    ResponderEliminar
  5. Olá. Grande Nuno! Já não era sem tempo teres arranjado uma bicicleta para desfrutares dos cantos e recantos dos lugares para onde ela te levar... Conto contigo no próximo domingo gordo e na Festa do São Sebastião das orelhas grandes de Cidadelhe do qual sou mordomo...
    Eras bem capaz de chegares a tempo se partisses hoje de Paris na tua bicicleta, que não pode nem deve ser uma namorada! Essa coisa de te enamorares por coisas materiais não casa contigo, pois, quanto muito gostas de andar de bicicleta e de fotografar.
    Um abraço e faz o favor de continuares a brindar-nos com as tuas fotografias e outras coisas...

    ResponderEliminar
  6. Retificando: "O destino leva-me sempre... não ESTÁ ninguém". Espero k seja desta.

    Sorry!

    ResponderEliminar
  7. Céu, obrigado pelas dicas ''Blog de Ealine Gasparetto '' vou tentar aplicar.
    Então vamos ter um blogue seu? É para quando?
    Tenho tido a sorte deste meu destino me levar por vezes de bicicleta a locais onde possa sorrir, desfrutar de coisas belas e simples como as paisagens, as serras, a floresta, os rios ou á beira do mar, não está ninguém por lá, talvez só ele saiba porque o faz, Destino...
    Obrigado pelo convite Sr. Mordomo, não vou poder estar presente, quem sabe outro ano qualquer!
    Boa estadia por Cidadelhe, que seje uma festa que fique para a Historia dessa bela aldeia.
    Persigam as coisas boas da vida, sejam elas quais forem , que elas vos façam pessoas cada vez mais felizes.
    Boa semana


    ResponderEliminar
  8. De nada, Nuno. Se visitar o blogue da Eliane, depois dá-me uma mãozinha?
    Se Deus quiser, SIM, mas não sei para qdo. Preciso de melhorar o meu braço e mão dta, k escrevem há 40 anos, aproximadamente. Doença profissional, é o k é, e a solução é: parar de escrever e de fazer gestos repetitivos, mas que PAIXÃO eu tenho pela escrita...! Evidente k a PAIXÃO k tive e tenho pela Tita e pelo avô João é diferente, mas "igual", e ambas cabem nos mesmos compartimentos do meu coração.
    Qdo eu criar um blogue, será a 1ª pessoa a saber, pode estar certo.

    Tão discreto, elegante no modo e no discurso, sintético e racional...!

    Durma bem, "meu amor" de amigo!

    Beijos.

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  10. Boa noite, Céu.
    Boas noticias, claro que darei uma mãozinha.
    Será um blogue com distinção, a sua forma de escrever, de comunicar, de aconselhar, de estar na vida é um exemplo a seguir, a Céu tem muitos seguidores a sentir a sua falta, força...
    Boa noite.

    ResponderEliminar